segunda-feira, 25 de maio de 2009

Diálogos incomuns com uma amiga anormal


diálogo 1 - Duas mulheres, muito vinho, alta emissão de CO2 (12/03/2008):

- Mas não adianta.. Homem é assim, já está na memória e comportamento coletivos, não vai mudar!
- Ahaha! Você acha!? Levei ele numa festa, dei uma mescalina, ele viu doendes, conversou com fadas e começou a acreditar no amor. Ta um fofo!

obs: obviamente isso foi temporário

Diálogo 2 - Na casa de uma delas, sozinhas - quando ser fútil pode ser. Teor alcoólico: médio (12/01/2009)

- Eu sei que ele está totalmente afim.. Mas estou sem tempo de me apaixonar, tenho outros focos agora.
- Vai nessa, eu também pensava isso (sobre o vagalume).
- Não, é sério amiga! Não vou me apaixonar esse semestre e pronto!



diálogo 3
- Totalmente alteradas dentro do carro escutando rock progressivo dos anos 70(22/05/2009).

- É um nível de ignorância em relação à drogas igual ao da minha mãe.
- Como assim?
- Ah.. Não sabe a diferença entre maconha, LSD e cocaína, não sabe como se usa, acha que todos duram o mesmo tempo e tem certeza de que qualquer um deles vai te deixar esquizofrênica.


diálogo 4 - Reflexões de uma mente intensa (só para mulheres)

- Ele talvez tenha me visto de um jeito que só eu consigo. Já está implícito que sou um pacote completo de problemas, mas de alguma maneira ele viu charme nisso e chamou de intensidade...
- Amiga, essa foi a coisa mais bonita que já te vi falando sobre um cara. Mas imagina daqui a dois anos (por que será que mulher se frustra sozinha?), você no banho, ele resolve ler algum livro teu, ou revista, e, de repente, você está raspando a perna embaixo do chuveiro e ele entra estupefato*:
- INTENSA OU BORDERLINE?

hahahahahahaha! Imagina amiga... Eu não raspo. Depilo!

obs: qua qua

*1991 pediu essa expressão de volta.

sexta-feira, 22 de maio de 2009

fatídico

Nada para falar hoje.
E olha que sou mulher...

Deixa um outro atormentado falar (muito melhor, claro) no meu lugar.

Nao sou eu nem sou ou outro
Nao sou eu nem sou o outro
sou qualquer coisa de intermédio
pilar da ponte de tédio
que vai de mim ao aoutro.

Mario de Sá Carneiro - brother "chato" do FERNANDO Pessoa que se matou aos 26 anos. ESPLêndido poeta.. porém atormentado demais para viver... Para existir.. blá.. ele.. só ele.

segunda-feira, 18 de maio de 2009

Projeto de mini-poema desconexo

eu
socorro
nesse mundo,
nada é tudo
e o tudo
já passou do nada
e eu
que nem quero tudo
já quero mais que o nada

Seria a menor das graças

sexta-feira, 1 de maio de 2009

Old News

Crise? Não, pelo menos para a indústria automobilística


A foto que você está vendo é da revista Senhor, de 1981.
As informações transcritas a seguir estavam na primeira página do Valor Econômico de HOJE.

Montadoras atropelam a crise
Neste mês, até o dia 28, foram emplacados no país 201,7 veículos. Com esse resultado, restando ainda dois dias para o encerramento do mês, o total no ano chegou a 870 mil unidades, praticamente o mesmo que em igual período do ano passado.


Ainda tem outra notícia, também com chamada de capa, contando do lucro de R$ 1 bi da Votorantim.


fontes:
jornal Valor Econômico 1/5/2009
revista Senhor, junho de 1981, num.39

Atualidades tristes

A legislação brasileira se atualizando...
Já caiu a Lei de Imprensa
Engraçado que com o escandâlo da lei que dá direito a passagens mensais para os políticos irem ao Rio de Janeiro (acumulativas por valor - então dá para não viajar um mesinho e depois ir para um lugar mais descolado, levar a namorada para passear em terras estrangeiras), agora o STF resolveu revogar a Lei de Imprensa.
Já estava demorando para fazerem isso, porém fica uma lacuna quanto ao direito de resposta de quem se sentir caluniado ou difamado, agora o direito a resposta fica por conta dos códigos civil e penal e da Const. de 1988, ou seja, basicamente tudo na mão do juiz.
Só falta ter que esperar um ano para se defender.
Enquanto isso os processo em andamento migrarão para as leis atuais, no que der. E os políticos aproveitam os últimos tempos de viagens grátis.
ps: a lei que dá direito as passagens vem da época em que o Rio era a capital do Brasil, que, no governo de JK, em 1955, passou a ser Brasília.
fontes:
jornal Folha de São Paulo, 1/5/09, pág. A4
documentário Anos JK- Uma trajetória política


A gripe suína mata mas não é nada demais
O México aponta 312 casos com 12 mortes, a OMS diz que são 97 enfermos no mundo e 8 mortos. Os especialistas dizem que não é motivo para pânico! Já tivemos outras epidemias muito piores, esse vírus é fraquinho.
fonte:
jornal Folha de São Paulo, 1/5/09, pág.A10


"Não estamos nos nossos melhores momentos"
Diz o sociólogo do Serra, Túlio Kahn, sobre o aumento de 9 tipos de crimes em São Paulo, dos 13 catalogados.
alguém sabia que existem 13 tipos de crimes catalogados?
Anyway... Os casos de latrocínio aumentaram 36,23% nesse primeiro semestre.
Nao bastam os incessantes assaltos que nos fazem dividir nossos pertences com vagabundos (o Ferrez que me perdoe, ou não!*), mas eles podiam pelo menos nao matar depois.
fonte:
Jornal folha de São Paulo, 1/5/09, C1
* menção ao artigo do escritor Ferréz Pensamentos de um Correria, disponível em http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano/ult95u336145.shtml